Skip to main content

Cadê o artigo que estava aqui? – sobre guitarras elétricas e política de acervos digitais

  Hoje, 17 de Julho de 2017, faz 50 anos que um grupo de artistas da MPB protestou contra o uso de guitarras elétricas na música popular brasileira. Participaram da Passeata Contra a Guitarra Elétrica artistas como Elis Regina, Jair Rodrigues, Zé Keti, Geraldo Vandré, Edu Lobo e Gilberto Gil. Atualmente isso parece algo absurdo, mas à época era um debate bastante pertinente, já que tocava em questões como identidade nacional e colonialismo cultural. O assunto, discutido do ponto de vista da legitimidade artística, é um dos temas abordados na tese de Doutorado de Dani Ribas, intitulada Música em Transe: o momento crítico da emergência da MPB (1958-1968). Ainda sobre esse assunto, […]

Leia Mais

Políticas para a Música e Participação Social são discutidos em artigo em co-autoria com Dani Ribas

  A publicação Políticas Culturais em Revista, editada pela UFBA (Universidade Federal da Bahia), acaba de lançar seu último número [v. 9, n. 2 (2016)], que traz o Dossiê “Empreendedorismo e políticas culturais no Brasil contemporâneo“.     O Dossiê traz importantes reflexões sobre políticas de estímulo ao empreendedorismo cultural no Brasil e sobre as políticas econômico-culturais, fortemente ligadas à inovação em políticas púbicas.     Resumo da discussão   Contribuindo com a discussão, Dani Ribas, em co-autoria com Gustavo Vidigal, escreveram artigo sobre inovação nas políticas para a música.   O artigo Programa de Economia da Música: histórico e perspectivas, de Dani Ribas e Gustavo Vidigal, descreve o processo de construção e analisa os resultados […]

Leia Mais

Curso Gestão de Projetos Culturais com Dani Ribas na FESP SP

  Está no ar a 3a edição do Curso Gestão de Projetos Culturais! O Curso integra a área de Extensão da FESP SP – Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, instituição que conta com reconhecimento desde 1933. Ministrado por Dani Ribas, o Curso tem 16 horas e é uma excelente oportunidade para profissionais que buscam qualificação profissional e ferramentas de gestão eficientes. As inscrições estão abertas, e as aulas têm início em 08 de Maio.   08 | 15 | 22 | 29 – Maio 2017 INSCREVA-SE AQUI (Vagas limitadas) O curso apresenta algumas das principais ferramentas práticas para gestores e produtores desenvolverem projetos culturais, cobrindo o ciclo […]

Leia Mais

Dani Ribas participa de debate no IPEA. Textos darão origem a livro

  Dani Ribas, diretora da Sonar Cultural, participou no dia 15 de Março em Brasília de um debate no IPEA (Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas).     O debate discutiu os dados da Pesquisa SIPS 2015 (Sistema de Indicadores de Percepção Social), que teve a coleta de dados realizada em outubro de 2013. Foram realizadas entrevistas em 3.810 domicílios espalhados pelas cinco Grandes Regiões do país. O SIPS é uma pesquisa do tipo survey e foi pensada em 2010, e ao longo do tempo já realizou três edições – 2010, 2011 e 2012/13. Os dados da pesquisa deram origem a diferentes textos, que serão reunidos em publicação específica a ser […]

Leia Mais

Em entrevista ao portal russo Pravda Dani Ribas alerta para o risco de “apagão cultural” no Brasil

  Dani Ribas, diretora da Sonar Cultural, deu entrevista para o portal russo Pravda sobre os efeitos da PEC 55 (através da qual o Governo Federal congela por 20 anos os investimentos sociais) sobre a área da Cultura. A entrevista é de Edu Montesanti.   Para a socióloga, a PEC 55 vai na contramão dos países desenvolvidos, que, para superarem o subdesenvolvimento, ampliaram os gastos públicos em áreas estratégicas como educação, saúde, segurança e cultura. A PEC 55, ao contrário, reduz os investimentos nessas áreas.   Os impactos na área cultural serão desastrosos, já que o Ministério da Cultura é a pasta com o menor orçamento da Esplanada. E boa […]

Leia Mais

3o. Plano de Ação Brasileiro para Governo Aberto tem participação de Dani Ribas

    O assunto desta notícia parece complicado à primeira vista, pois na area da Cultura as iniciativas para Governo Aberto são uma novidade.   Mas a Sonar Cultural descomplica e mostra a importância deste documento não apenas para a area cultural como para a transparência governamental de maneira geral.   No ultimo dia 11 de outubro foi realizada a segunda e última oficina de co-criação para Governo Aberto na Cultura, com participação de Dani Ribas, Diretora da Sonar Cultural, representando o Setorial Música do Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC) do MinC (colegiado do qual é titular desde 2015) e também o GT Glossário da Cultura UFG/MinC (que integra […]

Leia Mais