Skip to main content

Em entrevista ao portal russo Pravda Dani Ribas alerta para o risco de “apagão cultural” no Brasil

  Dani Ribas, diretora da Sonar Cultural, deu entrevista para o portal russo Pravda sobre os efeitos da PEC 55 (através da qual o Governo Federal congela por 20 anos os investimentos sociais) sobre a área da Cultura. A entrevista é de Edu Montesanti.   Para a socióloga, a PEC 55 vai na contramão dos países desenvolvidos, que, para superarem o subdesenvolvimento, ampliaram os gastos públicos em áreas estratégicas como educação, saúde, segurança e cultura. A PEC 55, ao contrário, reduz os investimentos nessas áreas.   Os impactos na área cultural serão desastrosos, já que o Ministério da Cultura é a pasta com o menor orçamento da Esplanada. E boa […]

Leia Mais

Jornal Brasil de Fato conversa com Dani Ribas sobre efeito da PEC 55 na Cultura. Matéria saiu no Portal e na edição impressa de Minas Gerais

  Os efeitos da PEC 55 (antiga PEC 241) na Cultura ainda preocupam.   Mais uma vez Dani Ribas, Diretora da Sonar Cultural, é procurada para falar sobre a questão. A última vez que falou sobre o assunto foi para a TVT no final de outubro.   Em conversa com Pedro Rafael Vilela, da redação do Brasil de Fato Minas Gerais, Dani retomou os argumentos já desenvolvidos anteriormente e acrescentou:   “Agora, a cultura passou a ser vista como gasto e não como vetor do desenvolvimento humano e econômico”   Em outro momento da conversa, Dani Ribas relaciona os cortes orçamentários aos direitos culturais conquistados nas últimas décadas:   “Os direitos […]

Leia Mais

Em entrevista à TVT, Dani Ribas alerta para o fim de instrumentos de participação cidadã na política cultural

  Ontem, dia 25 de outubro de 2016, foi publicada no canal da TVT no Youtube uma matéria sobre o impacto da PEC 241 (que limita os investimentos em áreas sociais) sobre o orçamento do Ministério da Cultura.   Dentre os entrevistados estão João Brant (ex-Secretário Executivo do MinC, que recentemente divulgou uma nota técnica sobre a questão), Dani Ribas (diretora da Sonar Cultural), e Célio Turino (responsável pela criação do Programa Cultura Viva e dos Pontos de Cultura).   Segundo Dani Ribas, “A pasta da Cultura tem uma ‘gordura’, digamos assim, já muito apertada para se gastar. É uma área que não tem exatamente uma sobra para ter como […]

Leia Mais