Skip to main content

Sonar realiza Diagnóstico da Música no Distrito Federal. Oficina fez parte de Consultoria UNESCO/SEC DF

Artistas, produtores e demais profissionais da área da Música se reuniram dia 05/04, na sede do Território Criativo na Biblioteca Nacional de Brasília, para uma Oficina de Diagnóstico da Música no DF. A oficina foi conduzida por Dani Ribas da Sonar, e faz parte da parceria que a Secretaria de Cultura firmou com a UNESCO para o levantamento de informações e fomento às cadeias produtivas do Distrito Federal. O material gerado vai subsidiar a formulação de políticas para este segmento.

Leia Mais

Realizada em Brasília oficina para discutir futuro dos Mapas Culturais

Nos dias 26 e 27 de fevereiro de 2018 aconteceu, em Brasília no prédio do MinC, a Oficina de Gestores Mapas Culturais. O evento, que marca uma nova fase da política, teve como objetivo reunir subsídios para a elaboração do plano estratégico que vai orientar as ações relacionadas à plataforma até o fim de 2019. Dani Ribas, da Sonar Cultural, conduziu a oficina. Entenda a nova fase da plataforma Mapas Culturais.

Leia Mais

Lançada a pesquisa TIC Cultura do CETIC.br

Lançada a pesquisa TIC Cultura do CETIC.br – Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação, ligado ao Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) e à UNESCO. A pesquisa investigou o uso das TICs (Tecnologias de Informação e Comunicação) pelos equipamentos culturais brasileiros. Dani Ribas, da Sonar Cultural, foi uma das especialistas convidadas a contribuir com a pesquisa.

Leia Mais

Cadê o artigo que estava aqui? – sobre guitarras elétricas e política de acervos digitais

  Hoje, 17 de Julho de 2017, faz 50 anos que um grupo de artistas da MPB protestou contra o uso de guitarras elétricas na música popular brasileira. Participaram da Passeata Contra a Guitarra Elétrica artistas como Elis Regina, Jair Rodrigues, Zé Keti, Geraldo Vandré, Edu Lobo e Gilberto Gil. Atualmente isso parece algo absurdo, mas à época era um debate bastante pertinente, já que tocava em questões como identidade nacional e colonialismo cultural. O assunto, discutido do ponto de vista da legitimidade artística, é um dos temas abordados na tese de Doutorado de Dani Ribas, intitulada Música em Transe: o momento crítico da emergência da MPB (1958-1968). Ainda sobre esse assunto, […]

Leia Mais