Skip to main content

Em entrevista ao portal russo Pravda Dani Ribas alerta para o risco de “apagão cultural” no Brasil

 

Dani Ribas, diretora da Sonar Cultural, deu entrevista para o portal russo Pravda sobre os efeitos da PEC 55 (através da qual o Governo Federal congela por 20 anos os investimentos sociais) sobre a área da Cultura. A entrevista é de Edu Montesanti.

 

Para a socióloga, a PEC 55 vai na contramão dos países desenvolvidos, que, para superarem o subdesenvolvimento, ampliaram os gastos públicos em áreas estratégicas como educação, saúde, segurança e cultura. A PEC 55, ao contrário, reduz os investimentos nessas áreas.

 

Os impactos na área cultural serão desastrosos, já que o Ministério da Cultura é a pasta com o menor orçamento da Esplanada. E boa parte deste orçamento é destinada a gastos obrigatórios (como manutenção de patrimônio e salários de servidores), restando pouco para as ações finalísticas (como editais e programas como o Cultura Viva, por exemplo). A falta de investimentos poderia gerar um “apagão cultural”, de efeitos desastrosos para alguns programas e ações.

 

“Em tempos de congelamentos e cortes orçamentários, não tenho dúvidas de que as políticas voltadas às dimensões simbólica e cidadã sofrerão abalos. É o caso do programa Cultura Viva e da incômoda participação social (como os Conselhos Municipais, Conferências, e Colegiados Setoriais do Conselho Nacional de Políticas Culturais).”

 

No decorrer da entrevista, Dani Ribas fala de orçamento público para a cultura, em direitos culturais, institucionalidade da cultura, participação social nas decisões políticas, da influência dos meios de comunicação na cultura política brasileira, entre outros assuntos.

 

A seguir, alguns dos destaques feitos por Edu Montesanti:

 

“Daniela Ribas, socióloga da cultura, prevê o que chama de “apagão cultural” decorrente da medida econômica do atual governo, e diz que, no Brasil, deveria haver maior participação cidadã nas decisões do governo.”

 

“Pouco discutido no País apesar da fundamental importância, Daniela alerta também para uma maior responsabilidade dos meios de comunicação em relação à cultura, o que “precisaria ser totalmente repensada para quebrar o monopólio midiático extremamente deletério a que estamos sujeitos no Brasil”, afirma.”

 

Confira a entrevista na íntegra aqui.

2 thoughts to “Em entrevista ao portal russo Pravda Dani Ribas alerta para o risco de “apagão cultural” no Brasil”

    1. Olá! Trabalhamos para divulgar nossas ações mas também para fornecer conteúdo relevante aos profissionais da cultura. Obrigada pelo depoimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *